terça-feira, 25 de agosto de 2009

Quando a realidade vira pesadelo


Palavras limitam demais sentimentos. Limitam vidas. Mas é a melhor forma de tentar se expressar quando 9/10 do mundo vira as costas para você. Os outros 1/10 têm problemas demais, e você não quer e nem pode atormentá-los com mais um. Que vale por mil.

As coisas não aconteceram conforme o esperado. Tudo ficou fora de controle e somente sua força de vontade não foi suficiente para superá-las. Sua mente se mantinha ocupada pensando em o que fazer, enquanto seu coração já sabia muito bem qual caminho seguir. Mas é tão difícil escolher entre a razão e a emoção que você acaba de frente a um precipício que a cada passo que você avança suas escolhas ficam ainda mais limitadas e fica cada vez mais difícil voltar atrás.
Você sente o mundo dizendo um, dois, três 'nãos' para você. Uma cápsula invisível se forma em torno de você, impedindo que as pessoas se aproximem. Ninguém se importa verdadeiramente com você. A sua vida ou a sua morte significam o mesmo para as pessoas que você ama. Para as pessoas com quem você aprendeu a viver de uma forma tão mais intensa e simples.
As horas demoram o dobro, o triplo do tempo para passar. E a única coisa que você quer e se livrar desse pesadelo sem fim que parece piorar a cada instante.
Você se depara com escolhas que não eram para serem escolhas. E que quando você se decide em qual fazer, não pode mais voltar atrás. E se voltar, as coisas nunca mais serão da mesma forma que antes.
As coisas que você mais temia que acontecessem acontecem, todas, de uma única vez.
E a dúvida permanece em sua cabeça, pulsando cada vez mais forte. A única certeza que você tem é que alguma coisa tem que ser feita. Enquanto você não sabe o que fazer, a dor, o sofrimento e a angústia vão te deteriorando. Vagarosamente.

Um comentário:

  1. as vezes eh melhor escrever pra si mesmo do que desabafar com pessoas!

    ResponderExcluir